urban chic screenshot

24 Formas de Melhorar as Suas Landing Pages

Pedro Holstein Uncategorized 4 Comments

urban chic screenshot

Se tem um site é provável que tenha uma landing page. A tradução portuguesa é página de destino.

Estas páginas têm um objetivo: converter a sua visita num cliente, subscritor, etc.

O problema, é que a maior parte dos sites cometem erros que prejudicam as suas conversões.

Não só vou explicar-lhe o que pode melhorar, como vou dar-lhe exemplos específicos que podem servir de inspiração para a sua landing page.

Aqui ficam 24 formas de melhorar a sua página de destino.

1. Alterar o Cabeçalho Pode Aumentar as Conversões até 127%

 

Quando chega a uma landing page, qual é a primeira coisa que vê? O cabeçalho.

Segundo este estudo da VWO, a alteração do cabeçalho pode levar a um aumento de 127% das conversões.

Um mau cabeçalho é meio caminho andado para perder a conversão. É a sua primeira oportunidade para explicar à visita a sua proposta de valor, criar curiosidade e fazer com que leia o resto da página.

Veja o exemplo da Zaask.

exemplo de um bom cabeçalho

Pontos positivos:

  • O cabeçalho dominante mostra uma proposta de valor. Neste site pode realizar os seus projetos pessoais
  • Para o caso de não ter ficado claro, perguntam-lhe a seguir, de que serviço precisa?
  • Pode ver que a Zaask já foi mencionada em vários meios de comunicação social. Ajuda na credibilidade e confiança que tem na página.

2. Tenha Uma Proposta de Valor Clara

 

A proposta de valor é o elemento mais importante de uma landing page.

É a razão principal pela qual as visitas devem comprar o seu produto ou subscrever a sua newsletter. É aquilo que têm para ganhar ao continuar a navegar no seu site.

As suas visitas só irão converter, se perceberem o que tem para lhes oferecer e o que diferencia a sua empresa das restantes.

A Nintendo alterou totalmente a sua proposta de valor. Graças a isso conseguiu que a Wii se tornasse a consola, da sua geração, mais vendida no mundo.

A Startup Buzz tem uma proposta de valor única.

proposta de valor única

Pontos positivos:

  • A proposta de valor é clara. Ajudam-no a iniciar o percurso de empreendedor
  • Querem oferecer ajuda diretamente
  • Não estão a pedir nada em troca. Se quiser saber mais, é só continuar a ler

3. Melhore o Seu Copywriting

 

A sua cópia é o segundo elemento mais importante a seguir ao cabeçalho.

O cabeçalho “agarra” a visita, a cópia mantém a sua atenção. As palavras que usa são importantes.

O melhor tipo de copywriting é aquele que é:

  • claro acerca dos benefícios
  • escrito para um público alvo bem definido
  • explica bem o que a pessoa ganha em continuar na página
  • cria uma sensação de interesse e excitamento na visita

Ao procurar no Google por software de gestão, apareceu-me esta página no primeiro anúncio. Isto é a landing page deles.

exemplo de mau copywriting

Pontos negativos:

  • Não tem cabeçalho, nem proposta de valor. Porque deve ler este texto todo se nem sabe o que ganha em aqui estar?
  • Parede de texto onde listam mais caraterísticas do que benefícios. Não explicam porque deve comprar este software de gestão. Deve comprar porque sim.
  • Não tem forma fácil de comprar ou testar o produto. Tem de enviar um e-mail ou telefonar para um número a pedir uma demonstração.

Compare com este site que também oferece um software de gestão.

exemplo de bom copywriting

Pode não ser perfeito, mas apresentam uma proposta de valor :

  • “Saiba os números que interessam”
  • “Rastreia tudo o que precisa de saber sobre os seus objetivos de negócio”

O texto está escrito para a visita, a pensar na visita.

No fim, se quiser uma demonstração, não tem de ligar para um número de telefone. Basta carregar num botão e preencher a informação.

Se quer converter as suas visitas, facilite a sua vida. Escreva para elas de forma simples e direta.

4. As Pessoas Não Percebem o que Está a Oferecer

 

Quanto tempo demora a perceber o que está a oferecer? Se a resposta não for “imediatamente”, precisa de melhorar.

As pessoas não compram aquilo que não percebem.

Se a sua visita não conseguir perceber em 3 segundos, aquilo que lhe está a oferecer, vai sair da sua página.

Ao procurar a palavra “investir”, apareceu esta landing page no primeiro lugar.

cfd screenshot

Pontos negativos:

  • Nem 3 segundos, nem em 10. Ainda não percebo o que posso fazer aqui
  • Não tem um cabeçalho. O cabeçalho é o nome da forma de investimento
  • Não tem contexto e o apelo à ação é um botão que diz “abrir conta”. Porque há-de fazer isso?

5. As Pessoas Têm de Encontrar Aquilo que Procuram na Sua Página

 

Tem de haver uma ligação entre a mensagem que a sua visita recebe antes de clicar no link e aquela que vê quando chega à página.

Se essa ligação não existir, a pessoa carrega no botão para recuar e pensa “não era isto que eu estava à procura”. Esta ligação é essencial para que exista uma conversão.

Assim que entra no site da Mbnet, sabe se está no local certo para aquilo que procura.

homepage da mbnet é muito clara

Pontos positivos:

  • Explicam o que é e para que serve. Claridade acima de tudo
  • Se procurar por pagamentos online e lhe aparecer isto, sabe que chegou ao sítio certo

Possíveis melhorias:

  • A frase “O que é” no cabeçalho não cria nenhum valor adicional. A explicação do serviço vem mais abaixo. Este é um espaço importante da página que está a ser mal aproveitado
  • No texto inicial, não é preciso entrar em detalhes. Aqui bastava dizer: “Crie um cartão virtual e faça compras online de forma simples, rápida e segura”. As explicações podem vir a seguir, se a visita estiver interessada

6. Tenha Um Apelo à Ação Forte

 

O seu apelo à ação (call to action), deve ser forte. Deve ser um gatilho.

Deve ser aquilo que faz a visita tomar ação. Deve chamar a atenção e ser algo que a visita quer clicar.

Os melhores apelos à ação evitam causar “medo de clicar” e são claros sobre o que acontece depois da pessoa clicar.

A Facilitas tem um bom apelo para quem quer deixar de fumar.

facilitas deixar de fumar

Pontos positivos:

  • Apelam diretamente à visita: “Deixe de fumar em 90 minutos”
  • Têm um botão para saber mais. Não lhe obrigam a inscrever antes de explicarem como funciona
  • Se quiser deixar de fumar, este apelo chama a sua atenção.

Compare o exemplo em cima com este.

landing page sem apelo a ação

Pontos negativos:

  • Esta página não tem um apelo a ação
  • Não existe nenhum botão ou elemento onde pode clicar para saber mais
  • Esta página mistura “deixar de fumar”, com tratamentos para perder peso e para as enxaquecas. Será que prefere um tratamento especializado ou um que faz tudo?

7. Não Use Fotografias Típicas de Bancos de Imagem (Stock Photos)

 

Quer matar as suas conversões? Então use fotografias típicas de bancos de imagem.

Dois homens a apertar as mãos? Um mulher bonita a atender o telefone? Uma equipa de trabalhadores multi-raciais a sorrir?

evite usar este tipo de imagem

Imagem: thetaxhaven

Afetam a sua credibilidade. Criam uma aparência falsa e impessoal.

Segundo este estudo de caso da VWO, usar imagens reais em vez de stock photos, pode aumentar as suas conversões em 40.18%.

Ninguém acredita que aquela modelo trabalhe no atendimento ao cliente e que essa equipa sorridente faça parte dos seus quadros. Pior ainda, essa mesma fotografia aparece em centenas de outros sites.

8. Não Use Pontos de Exclamação!

 

Não é por usar pontos de exclamação que as suas visitas se vão entusiasmar com o seu produto.

As pessoas não tomam ação por se mostrar demasiado efusivo com o seu produto.

“Comprar Agora!!!”, não faz ninguém querer comprar. Até pode ter o efeito oposto.

Reduza o número de pontos de exclamação que usa na sua cópia. Deixe que o seu produto fale por si e que as visitas se entusiasmem sozinhas.

9. Reduza o Número de Ofertas

 

As melhores páginas de venda têm apenas uma oferta. São hiper específicas e têm um público alvo bem definido.

Isto ajuda-o de várias formas:

  • reduz o seu CPC (custo por click)
  • aumenta o seu CTR (click through rate ou taxa de cliques)
  • aumenta a sua taxa de conversões

Várias ofertas tornam impossível apelar a um público alvo específico. Dificultam também a escolha da visita. Quanto mais escolha existe, maior a probabilidade de a visita não tomar ação, como prova este estudo da Universidade de Columbia.

Não confunda ofertas, com preços ou pacotes. Pode ter 3 pacotes para um serviço. Não deve é oferecer 3 serviços diferentes na mesma página.

10. Aumente a Sua Credibilidade

 

Aquilo que vende tem de resolver um problema da sua visita.

O seu site até pode ser a melhor solução, mas primeiro, a visita tem de acreditar que isso é verdade.

Porque há-de ela acreditar em si? Quais são as provas que oferece?

O Busuu é um site que permite aprender línguas online.

homepage da Busuu

Mas como é que sabe se pode confiar neste site?

O que os distingue dos outros sites que aparecem nos anúncios?

Busuu mostra credibilidade

Mais abaixo na homepage, pode ver que a Busuu já foi mencionada em vários meios de comunicação:

  • CNN
  • BBC News
  • The New York Times

Isto aumenta a credibilidade do site. Se não tiver menções, use testemunhos dos seus clientes. Mostre credenciais e prémios que tenha ganho. Qualquer coisa que ajude a provar que o seu serviço funciona.

11. A Sua Landing Page Tem Elementos Inúteis

 

Qual é o seu objetivo? O que quer que as suas visitas façam quando chegam à sua página?

Foque-se nisso e remova da página, tudo o que não contribua para chegar a esse objetivo.

Voltando aos cursos de línguas, repare nesta página.

landing page aprender línguas

Esta é uma landing page que aparece depois de clicar num anúncio para cursos de línguas. A secção da página mais destacada, é um formulário para receber uma revista gratuita.

Não se percebe o que é mais importante: que as visitas se inscrevam para um curso de línguas, ou que se inscrevam para receber a revista.

Para aumentar as suas conversões, remova tudo o que não for essencial para a visita tomar ação. Elimine todas as distrações e o “ruído” da página.

12. Pede Demasiada Informação

 

Se quer aumentar as suas conversões, reduza o número e o tipo de informação que pede às suas visitas. Facilidade de tomar ação significa mais conversões.

Normalmente só precisa do e-mail e do primeiro nome. Talvez o número de telefone.

Segundo os vários estudos de otimização realizados pela Formstack:

  • Reduzir o número de campos de um formulário para 10 ou menos aumenta as conversões em 120%
  • Reduzir o número de campos de um formulário para 4 ou menos aumenta as conversões em 160%

Importa referir que as situações não são todas iguais. Por vezes mais informação pode ser importante para qualificar a visita.

Apesar disso, evite isto a todo o custo:

exemplo de mau formulario

13. Um Bom Design Converte Visitas

 

O bom design aumenta as conversões. É mesmo o fator mais importante para quem visita o seu site pela primeira vez. Este estudo da universidade de Stanford comprova isso mesmo.

O seu site tem de criar uma boa primeira impressão. Isso é especialmente verdade para as suas landing pages.

good barber bom design

Um bom design cria confiança e aumenta a credibilidade. Um mau design faz a visita desconfiar do profissionalismo e capacidade da empresa por trás do site.

14. Otimize a Página Para Tráfego Móvel

 

Não falta muito para que os tablets e os smartphones se tornem a ferramenta de eleição para navegar online. Segundo este estudo da Smart Insights, desde 2014 que o tráfego móvel já contabiliza 50% do total do tráfego online.

números de utilizadores móveis vs desktop na internet

Isto quer dizer que as suas páginas de destino, devem estar otimizadas para tráfego móvel. É aqui que entra o chamado “responsive design”. O design que se adapta ao ecrã da visita.

Como explica a Google, 94% das pessoas procuram informação no seu smartphone, logo o sucesso do seu site está ligado à sua capacidade de adaptação ao tráfego móvel.

15. Aumente a Velocidade da Sua Página

 

As pessoas são impacientes. Têm mais que fazer do que esperar que a sua página carregue. Quanto mais lento o site, menor o número de conversões.

Repare neste estudo realizado pela Amazon. Existem duas conclusões principais:

  • Por cada segundo de carregamento a menos no site da Amazon, existia um aumento de conversões na ordem dos 2%
  • Por cada 100 milésimos de segundos de melhoria, havia um aumento de receita na ordem dos 1%

Meça e aumente a velocidade do seu site, se quiser aumentar as suas conversões.

16. Não Use o Mesmo Template que Centenas de Outros Sites

 

Não existe um problema em usar templates. Mas perceba que ter uma página igual a centenas de outros sites reduz a força da sua marca.

As suas páginas de venda são uma extensão da sua marca. Ás vezes, até são o primeiro contacto que um cliente tem com a sua empresa. Esta página não tem nada de mal. Só que está a ser usada por 2173 outros sites que compraram este template.

exemplo de landing page

Qual é a imagem que quer dar aos potenciais clientes?

Que o seu site é especial e único, ou que é uma cópia integral de outros que acabaram de visitar?

17. Descubra Qual o Tamanho Ideal Para a Sua Cópia

 

Existe uma regra fácil que pode seguir para saber quanto texto deve aparecer na sua landing page:

  • Quanto mais complexo é o produto/serviço, maior a cópia necessária para o explicar.

O que está a vender ao seu cliente? Qual a complexidade do seu serviço? Perceba se aquilo que vende requer muita informação ou não.

O site da IDEFE apresenta a sua pós-graduação em gestão desta forma.

pós-graduação em gestão idefe

Pontos positivos:

  • Muita informação acerca da pós-graduação. Pode ver os destinatários, objetivos, plano curricular, etc
  • Tem acesso a uma brochura que apresenta esta informação de forma simples e clara
  • Boa utilização do espaço branco que facilita a leitura

Possíveis melhorias:

  • Não há um apelo à ação, nem uma forma de se inscrever. Como pode saber mais? Existe um endereço de e-mail? É possível falar com alguém?
  • O texto não está focado na visita. “Permite aos participantes uma formação” devia ser “Permite-lhe uma formação”. Quem chega a esta página está interessado, logo a cópia deve falar para ela e não para um hipotético terceiro.

18. Siga a Lógica de Pensamento das Suas Visitas

 

Tem de perceber qual a lógica de pensamento que as suas visitas têm ao visitar o seu site.

O que estão à procura? O que o distingue? Qual é a primeira coisa que querem saber quando chegam ao site?

A Escola Virtual é um serviço inovador de aprendizagem interativa.

homepage escola virtual

Pontos positivos:

  • Design profissional e adaptado ao público alvo
  • Vídeo-testemunho na homepage que ajuda os alunos a perceberem, não só como funciona, mas que funciona para pessoas como eles
  • Serviço com uma proposta de valor inovadora

Possíveis melhorias:

  • Os cabeçalhos perdem a oportunidade de distinguir este site de outros. “Desafia as tuas notas” podia ser usado em qualquer site académico. Um exemplo de cópia mais adaptada ao serviço: “Uma nova forma de estudar”. “Aprende de modo interativo, através de animações, vídeos e simulações. Junta o teu tempo e estuda connosco!”
  • Se a visita não visualizar o vídeo, não percebe como funciona o serviço ou o que o distingue. Os vídeos devem sempre ser acompanhados de texto que resuma o seu conteúdo.

Cada empresa deva criar uma lógica específica à sua página. No entanto, existe uma sequência lógica que pode ser usada na maior parte dos sites:

  1. O que é esta página?

  2. O que posso fazer aqui?

  3. Isto tem alguma utilidade para mim?

  4. Como é que funciona?

  5. Preciso de mais detalhes

A landing page devem responder a estas perguntas, por esta ordem.

19. Faça Uma Pesquisa Profunda do Seu Público Alvo

 

Para criar uma boa página de destino, o que deve fazer? Começar a escrever, usando superlativos como “o melhor”? Estudar e copiar o que os outros fazem?

Errado. Antes de criar a sua página, deve começar por fazer uma pesquisa de conversões.

público alvo

Imagem: Joe the goat farmer

Tem de perceber quem é o seu público. O que querem, como procuram, como falam sobre isso, o que os entusiasma e o que os assusta.

Só quando tiver uma mensagem pensada especificamente para esse público, é que pode começar a escrever uma página de destino.

20. Não se Foque nas Redes Sociais

 

“Se eu puser aqui estes botões, pode ser que a minha landing page se torne viral”.

Ninguém quer partilhar uma landing page. As pessoas partilham conteúdo. Quem é que quer partilhar a sua mensagem de marketing? Ninguém.

Remova os botões de “like e tweet” da sua página. Só servem para distrair a visita e reduzem as conversões.

Nesta página você tem um objetivo: que a visita preencha os campos do formulário e que se inscreva.

21. Os Elementos da Sua Página Devem Estar por Ordem

 

A forma como os elementos da sua página estão expostos deve seguir uma ordem lógica:

  • Cabeçalho grande a explicar a sua proposta de valor
  • Uma imagem que tenha que ver diretamente com o produto ou serviço
  • Um segundo cabeçalho mais pequeno, a explicar o que a visita ganha em estar no site e o que o distingue
  • Um botão para “saber mais”.

Se não tiver algum destes elementos, é provável que a sua visita não tenha informação suficiente para querer “saber mais”.

A Eureca é uma ferramenta para encontrar parceiros de negócios.

homepage da Eureca

Pontos positivos:

  • Os elementos seguem uma ordem lógica de pensamento
  • Proposta de valor clara: “O primeiro site de encontros para empresas”
  • A visita tem bastante informação para saber como funciona o serviço, incluindo um vídeo de 2 minutos

22. O Seu Formulário Requer Demasiado Pensamento

 

Um formulário de inscrição perfeito é aquele que não cria qualquer tipo de fricção desnecessária.

Existem dois princípios importantes nos formulários:

  • Nunca peça informação desnecessária
  • Seja absolutamente claro com o que pede

O primeiro já foi explicado mais acima. Quanto ao segundo, é simples: seja claro com a informação pede à sua visita.

Evite, por exemplo, usar ícones em vez de palavras. Se está a pedir o telefone, tenha a palavra telefone em vez de um ícone de um telemóvel.

Evite também os chamados “placeholders”, ou seja, preencher previamente os espaços com informação como “Seu nome”. A visita pode clicar e depois esquecer-se do que era suposto preencher. Isto apenas deve ser utilizado quando tem 2 ou menos campos para preencher.

A página da Premier Outdoors comete estes dois erros, o que pode dificultar a compreensão.

ícones num formulário

23. Está a Usar Testemunhos Vagos e Sem o Nome/Fotografia das Pessoas

 

Os testemunhos são o suporte da sua credibilidade. Todos conhecemos a força da palavra e a importância da reputação.

No entanto, a mesma ferramenta que poderá servir para cimentar a sua credibilidade, pode também servir para a prejudicar.

Existem duas coisas que deve evitar:

1. Testemunhos vagos

2. Testemunhos sem fotografia e sem nome da pessoa

O que é um testemunho vago? Por exemplo:

“A “empresa X” foi a melhor com quem já trabalhei. Não podia estar mais feliz. Adorei os resultados e não podia recomendar mais. Muito obrigado e continuem o excelente trabalho”.

Quem leia este testemunho, fica na mesma. Não percebe porque o serviço é bom nem o que pode ganhar em usá-lo.

  • Porque é que foi a melhor empresa com a qual já trabalhou?
  • Porque está tão feliz?
  • Quais foram os resultados que adorou?

Evite este tipo de testemunhos:

exemplo de testemunhos a evitar

Pontos negativos:

  • Fotografias falsas. Essas não são as pessoas que fizeram o testemunho. Chegam a usar as mesmas pessoas em imagens diferentes
  • Testemunhos vagos. Não se percebe porque o serviço é bom e o que o diferencia
  • Ninguém diz: “Conseguiram satisfazer as nossas expectativas tanto no aspecto comercial como de relacionamento e técnico”. É tão falso, que é impossível alguém acreditar que estes testemunhos tenham sido feitos por pessoas reais

Nunca use testemunhos falsos e vagos.

Mostre fotografias de pessoas reais, específicos e que esclarecem as visitas. Testemunhos que revelam os números e resultados obtidos:

  • “Conseguimos um aumento de 12% em 2 meses. Estiveram sempre disponíveis ao longo de todo o processo, ajudando a resolver os problemas que surgiam. O mais impressionante, é que os resultados foram ainda melhores do que os propostos no início do projeto”

Em poucos segundos, uma visita lê este testemunho e percebe o que pode esperar em trabalhar com a sua empresa.

24. Meça os Resultados da Sua Landing Page

 

É impossível melhorar sem medir os seus resultados. Depois de ter a sua landing page criada e a funcionar, certifique-se que está a rastrear os seus objetivos.

Não interessa o programa que usa, até pode ser o Google Analytics. Isto parece óbvio, mas existem várias empresas que não medem os seus resultados.

Se não medir os seus resultados, como pode saber o que está a funcionar e o que não está?

A otimização de conversões é um processo contínuo. A sua página nunca está terminada. Deve estar sempre a melhorá-la, a fazer alterações, a testar.

Crie, meça, aprenda e repita. Isso é o que significa a otimização de conversões.

Conclusão

 

Estas são as nossas 24 formas de melhorar a sua landing page.

Se gostou deste artigo e conhece alguém que possa beneficiar dele, partilhe-o agora nas redes sociais ou envie o link através do email.

Temos também um guia para ajudar as suas conversões a explodir em 2016. Para recebê-lo, subscreva agora na barra lateral do blog.

Imagem inicial: Harbor suites

Siga-nos nas Redes Sociais

    




Comments 4

    1. Post
      Author
  1. Parabéns pela clareza e objetividade. É excelente. Acredito que seja o melhor conteúdo que já vi, pois é preciso muito domínio e você demonstra de fato.

    Mais uma vez parabéns.

    1. Post
      Author

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *