Capítulo 7: Seja Descoberto Com SEO


Para que o seu site tenha sucesso
é preciso que as visitas o consigam encontrar.
Descubra como chegar ao topo dos motores de busca e como fazer o seu tráfego explodir.

facebook share iconlinkedin share icontwitter share icongoogle plus share icon

QUATRO FORMAS DE PARTILHAR



O SEO é tão antigo como a Internet. Desde os primeiros passos dos motores de busca, que já existiam pessoas a querer perceber a fórmula para chegar ao primeiros lugares do ranking. Desde aí, mudou pouco e mudou tudo.

O objetivo do SEO continua a ser chegar à primeira página dos motores de busca. O que mudou foi a forma como se chega lá. Os motores de busca têm um grande problema: por muito bons que sejam os sites na internet, só há lugar para 10 resultados na primeira página.

Isto quer dizer que a concorrência é enorme. Como normalmente acontece nestas situações, há pessoas que tentam dar a volta ao sistema e enganar os motores de busca. Começaram a surgir empresas que vendiam links, quer prometiam 1ºs lugares, que faziam spam de comentários entre outras práticas condenáveis.

Para combater isso, o Google lançou vários algoritmos, tal como o famoso Panda, com o objetivo de melhorar a experiência dos utilizadores na web. Isto aumentou bastante a qualidade dos motores de busca. Muitos não se lembram de como era a internet antes destes algoritmos. Imagine inserir na barra um termo de procura e aparecer uma página em nada relacionada com o que procurou. Porque é que isto acontecia? Porque os sites enganavam os motores com as tais práticas de “Black Hat SEO”.

Hoje em dia, o que interessa é a qualidade da experiência dos utilizadores. Para uma página aparecer no topo do Google, tem de fornecer informação relevante e conteúdo de qualidade. O sistema não é perfeito mas ajuda a filtrar muitos dos sites que não têm qualidade para aparecer nos motores de busca.



O SEO é muito mais do
que um conjunto de técnicas.
Passa por fornecer uma boa experiência.


O Que é SEO Moderno?


Provavelmente acha que o SEO é algo extremamente complicado. Muitos olham para o SEO como uma área quase matemática na sua utilização de técnicas para otimizar as páginas de um site. Esqueça isso. O SEO é muito mais do que um conjunto de técnicas. O SEO dos dias de hoje passa muito mais por fornecer uma boa experiência ao utilizador.

Os motores de busca querem dar o melhor conteúdo possível aos seus utilizadores. Se um site tem a técnica toda perfeita, mas depois produz conteúdo com pouca qualidade, não poderá competir com um site que tem conteúdo relevante e de alta qualidade. Mesmo que esse site tenha o SEO técnico menos otimizado.

O SEO moderno passa por criar a melhor experiência possível para as suas visitas enquanto fornece a informação necessária aos motores de busca para descobrirem as suas páginas.

Isso quer dizer que deve ignorar o aspeto técnico do SEO? Não. Mas deve sempre lembrar-se que o principal fator no sucesso de um site é a qualidade do seu conteúdo e a promoção do mesmo. Os motores de busca descobrem sempre o conteúdo que tem qualidade e é bem promovido.



Os motores de buscar querem o
mesmo que os seus leitores:
conteúdo de qualidade.


Como Funcionam os Motores de Busca?


Os motores de busca têm dois objetivos:

1. Criar um index de páginas

2. Fornecer aos utilizadores uma lista dos sites que consideram mais relevantes para cada termo de procura

Imagine uma biblioteca virtual gigante: em vez de livros, tem documentos únicos (imagens, uma página web, um ficheiro PDF) e a função dos motores de busca é sugerir-lhe os melhores “livros” para cada tópico ou pergunta que fizer.

Como navegar entre uma biblioteca com tanta informação? Os motores de buscar criam corredores para descobrir o melhor caminho: os famosos links. Um link ou hiperligação é isto mesmo, a forma mais rápida e fácil de chegar aos vários documentos que existem na web.

O objetivo é responder às suas perguntas

Os motores de busca servem para responder às suas perguntas. Como é que o faz? Quando alguém procura algo nos motores de busca, o motor procura as respostas na tal base de dados gigante, fazendo duas coisas:

  • devolvendo as respostas mais relevantes para a pergunta da pessoa
  • cria uma lista com a ordem de popularidade e qualidade dos sites que contêm aquela informação

Trabalhar no SEO do seu site, é investir na sua relevância e na sua popularidade. A relevância é o aspeto mais técnico de SEO e existem dezenas de fatores como por exemplo:

  • palavras-chave e sua densidade (número de vezes que é utilizada)
  • número de links inbound e outbound (links exteriores que apontam para esta página / links na página que apontam para outra página)
  • número de palavras na página (densidade do conteúdo)
  • conteúdo multimedia otimizado (video e imagens)
  • títulos H1,H2,H3
  • meta tags, alt tags e title tags

Como é que os motores de busca medem a relevância e a popularidade?

Para os motores de buscar, relevância é muito mais do que encontrar apenas as palavras certas. No início da web, os motores de busca limitavam-se muito às palavras utilizadas na página e isso criava resultados de busca com pouca qualidade.

Com o passar do tempo, foram sendo adicionados vários fatores diferentes que influenciam essa relevância como alguns dos que referimos agora mesmo. O objetivo foi reduzir a possibilidade de enganar o sistema.

Tendo isso em conta, surgiu também a questão da popularidade. Os motores de busca assumem que quanto mais popular é uma página ou um site, mais valioso é o seu conteúdo e a informação disponível. Este fator é especialmente importante tendo em conta o objetivo de fornecer aos utilizadores os resultados que lhes fornecem a melhor experiência web.

Existem centenas de fatores que influenciam a sua posição nos motores de busca. Para calcular a sua relevância e popularidade, é usada uma equação matemática para calcular estes a qualidade de cada uma das suas páginas face aos milhares de pedidos de procura que contenham informação sobre esse tema.



A Importância Das Palavras-Chave e Como Pesquisá-las


É provável que já tenha ouvido falar de palavras chave e que saiba o que são. Caso não saiba, é importante começar por dizer que o SEO é baseado quase inteiramente em palavras.

As palavras-chave são as palavras mais importantes de cada página, pois são o sinal que é dado aos motores de busca, como que a dizer: “Esta página é sobre isto”.

Tudo começa com palavras inseridas numa caixa de procura. Se reparar na forma como procura informação no Google ou no Bing, geralmente insere 3 ou 4 palavras:

  • comprar carros usados
  • alugar casa em X
  • como fazer Y

Para que os motores de busca possam dar resposta a estas perguntas, precisam de saber quais as páginas que têm conteúdo sobre elas.

É por esta razão que a pesquisa de palavras-chave é tão importante. Aparecer no topo dos motores de busca para certos termos, pode ser a diferença entre o sucesso ou o fracasso de um site. Ao pesquisar quais as palavras que o seu público usa para procurar conteúdo na sua área, irá descobrir quais as palavras-chave que deve alvejar. Pode até descobrir oportunidades de ouro, com palavras que têm procura mas que a sua concorrência não está a utilizar.

Nem todas as palavras chave têm o mesmo valor

Mais importante do que receber mais visitas no seu site, é receber as visitas certas. Otimizar o seu site para conteúdo que traz visitas que não compram, é irrelevante. O que faz o sucesso de um site não é o tamanho do seu público mas a qualidade do mesmo.

É por isso que as palavras-chave têm diferentes níveis de qualidade. Qual é o valor de uma palavra chave par ao seu site? Se tem um site de produtos eletrónicos, vende mais com pessoas que procuram “Iphone 6S branco” ou “Iphone 6S preto”?

Para descobrir o valor de uma palavra chave para o seu site, pergunte a si próprio:

  • esta palavra chave é relevante para o conteúdo do meu site?
  • as pessoas irão descobrir o que estavam à procura, quando chegarem ao meu site?
  • vão ficar satisfeitas com a minha resposta/oferta?
  • este tráfego gerado vai traduzir-se em ganhos financeiros ou outros objetivos?

Se a resposta para estas 4 perguntas é sim, então é uma palavra-chave boa para si.

O que deve fazer agora? Primeiro comece por procurar essas palavras nos motores de busca. Veja os resultados que aparecem, para ficar com uma ideia de quem são os seus concorrentes. Isto dá-lhe também uma ideia de quão difícil será aparecer nestes resultados iniciais. Existem ferramentas que o podem ajudar neste processo sobre as quais iremos falar daqui a pouco.

A importância das long tail keywords (palavras chave de cauda longa)

Voltando ao exemplo que referimos da loja de eletrónica, seria fantástico se a loja surgisse em primeiro lugar para o termo Iphone. Será?

O termo Iphone deve ter dezenas de milhares de procuras por mês. Palavras chave com tanta procura nos motores de busca chamam-se “populares” ou “principais”. Muitos donos de loja imaginam que se tivessem essas palavra a aparecer no topo do Google, que iria trazer-lhes milhares de clientes.

Isto faz com que se queiram focar totalmente nestes termos de procura. Existem vários erros com esta estratégia:

1. Estas palavras têm muito mais concorrência e pode levar anos, se for sequer possível, a aparecer nas primeiras páginas do Google.

2. As palavras chave populares apenas prefazem 30% das procuras feitas nos motores de busca. Os restantes 70% de procuras são feitas usando palavras chave de cauda longa.

3. As palavras chave de cauda longa convertem melhor, porque têm uma maior intenção de compra e normalmente apanham a pessoa numa fase mais avançada de compra. Alguém que procure pela palavra “Iphone” ainda está no início da fase de procura. Não está pronta para comprar. Por outro lado, quem procura por “melhor preço Iphone 6S branco”, já está pronto para comprar.

Mas não é só de palavras chave que é feito o SEO. Lembra-se do exemplo da biblioteca? Agora vamos falar dos tais corredores que a compõem: os links.



Um link é mais do que uma ligação.
É um sinal de confiança.
Descubra como obtê-los.


A Importância Dos Links na Sua Popularidade


Um link é como um voto de confiança. Quando alguém cria um link para o seu site é como se estivesse a dizer: este conteúdo é bom e eu recomendo-o.

Isso significa que deve tentar arranjar o máximo de links possíveis? Não, porque os motores de busca também analisam a qualidade do seus links. Os motores de busca têm certas métricas para medir a confiança e autoridade que um site tem. Estes números têm muito que ver com o tipo de conteúdo no site e quais os sites que lhe fornecem links.

Os sites de confiança tendem a criar links para outros sites de confiança. Os sites com má qualidade, ou não recebem links, ou recebem links de sites duvidosos (venda de links, sites que oferecem trocas de links).

Como é que os motores de busca definem o valor de um link?

Existem vários fatores usados pelos motores de busca para avaliar o valor de um link. São os elementos mais importantes que um profissional de SEO deve ter ao analisar a importância e validade de um link:

1. Trustrank (ranking de confiança)

Imagino que esteja familiarizado com o conceito de spam? A internet está cheia dele. Mais de 56% das páginas da web são spam. Como é que os motores de busca sabem se o seu site é spam ou não? Através dos links de qualidade que recebe de sites de confiança. Quanto mais alto o valor de confiança do site, melhor. Exemplos de sites com valores altos de confiança são sites governamentais, universidades e organizações não governamentais.

2. Popularidade e bairros de links

Quanto mais popular é um site, maior o valor dos seus links. Um site que cria um link para um site de spam, é normalmente um site de spam. Este princípio foi criado para combater os sites agregadores de links ou “link farms”, que apenas serviam para vender ou trocar milhares de links com outros sites. Seja seletivo com os sites onde tentar conseguir um link.

3. Texto de Âncora

O texto de âncora, são as palavras usadas no link. Se vários sites apontarem para uma página, usando certas palavras, é sinal de que essa página tem bom conteúdo para aquelas palavras chave.

4. Frescura

O valor de um link desce com o passar do tempo. Isto obriga os sites a manterem o seu conteúdo atualizado e com qualidade, para continuarem a receber links.

Como conseguir links para o seu site (Link Building)

É a tarefa mais importante e mais difícil para qualquer SEO: construir links para um site. Em primeiro lugar, porque é preciso ser inteligente, criativo e persistente. Em segundo lugar, a criação de links não é um jogo de números. É melhor ter 1 link bom do que 100 medíocres.

Existem 3 formas básicas de conseguir links:

  • Links Naturais

São os links que recebe por criar bom conteúdo. As pessoas gostam de recomendar bom conteúdo nos seus sites. Para conseguir este tipo de links, precisa de criar excelente conteúdo e conseguir promovê-lo de forma a que seja descoberto.

  • Links de Divulgação

Pode conseguir links para o seu site através do contato direto com outros bloggers e webmasters (enviando um email), submetendo o site a diretorias ou pagando para aparecer em listagens. De momento, apenas recomendamos vivamente a utilização da primeira estratégia. Os links pagos são mal vistos pelos motores de busca e os sites de diretoria podem ser considerados sites de spam com baixa qualidade.

Precisa de criar valor a quem enviar um email, mostrando que é do interesse delas linkar ao seu conteúdo. A melhor forma de o fazer, é criando conteúdo de qualidade sobre assuntos que sejam do interesse deles. Podem ser assuntos sobre o qual esse site já tenha escrito ou conteúdo complementar (que completa as ideias presentes nos artigos do site).

Exemplo: escreveu um artigo que contém um estudo a comprovar X. A seguir, procura por todos os sites que contenham artigos sobre esse assunto. Pode enviar um email a cada um deles, mostrando que sabe do interesse deles no assunto X  e que tem um estudo que prova que elas têm razão. “O link para o estudo está aqui: ….. “.

A vantagem desta técnica, é que funciona com todo o tipo de sites, pois qualquer site precisa de bom conteúdo para linkar. Querem ter exemplos de qualidade para comprovar e apoiar o que escrevem no seu conteúdo. Ao enviar um email com esse tipo de assunto, mostra interesse neles e no seu conteúdo. Melhor do que 90% das pessoas que enviam emails a pedir coisas, sem sequer terem lido o site em causa.

  • Links Manuais

Muitos sites dão a hipótese de inserir o endereço do seu site: seja em comentários, assinaturas de fórum, ou até no perfil de utilizador. Estes links têm baixo valor pela facilidade com que são conseguidos e pela forte possibilidade de serem spam. Pior ainda, muitos motores de busca penalizam quem abusa deste tipo de links. Se decidir usá-los, tenha cuidado e não os use como principal estratégia na obtenção de links para o seu site.



Bom conteúdo atrai bons links.
Sem um, não perca tempo a fazer o outro.


Uma Ferramenta Essencial Para o Sucesso Do Seu SEO


O SEO é mais simples do que parece. Muito disso é graças às ferramentas de webmaster da Google e do Bing. Os webmaster tools são ferramentas que permitem perceber como é que os motores de busca veem o seu site. Estas ferramentas são mesmo essenciais, pois sem elas, é muito difícil que o seu site seja indexado nos motores de busca.

Vantagens do Webmaster Tools:

  • Dão-lhe uma visão geral e específica de todas as áreas de SEO do seu site
  • Dizem aos motores de busca para indexar o seu site
  • Têm uma avaliação extensa do seu links, internos e externos
  • Permitem perceber quais as suas palavras chave, quanto tráfego recebe e qual o seu ranking nos motores de busca
  • Diagnosticar problemas do seu site e como resolvê-los

Em vez de estar a perseguir palavras chave no escuro, sem saber o que está a funcionar ou não, as ferramentas de webmaster tools permitem perceber exatamente se o seu esforço em criar links e focar-se em certas palavras chave está ou não a ter resultados. Vai ficar especialmente impressionado com as palavras chave de cauda longa: irá receber tráfego por frases e procuras que nunca imaginou.



Pontos-Chave


A sua principal preocupação com SEO deve ser a experiência das suas visitas. Crie bom conteúdo, que merece ser referido e linkado. Não tente enganar os motores de busca com mau conteúdo e táticas duvidosas.

A promoção e o marketing do seu conteúdo é essencial: sem eles, o seu conteúdo não se torna popular e não sobe nos rankings. Crie infográficos, artigos detalhados e guias. O objetivo é oferecer conteúdo que ajude as suas visitas e seja único.

As palavras que usa são importantes. Foque-se em palavras chave onde pode competir e nunca se esqueça das palavras chave de cauda longa. É aqui que está o tráfego em modo comprador.

Os links são essenciais para a sua estratégia de SEO. Crie valor para outros sites e aborde-os diretamente através de email. Pode ser que linkem ao seu conteúdo, ou não. Mas não desista: persistência é a chave do SEO e se esse site não criar um link, há outros sites de qualidade que o farão.


Não tem tempo para ler o próximo capítulo agora?



Guarde o resto para ler mais tarde. Faça download deste guia em PDF gratuitamente:


Sim! Receber o meu PDF