significado das cores

Significado das Cores: Qual Cor Vende e Converte Melhor?

Pedro Holstein Uncategorized 4 Comments

Significado das cores

As cores. São essenciais para a forma como vivemos o mundo. São a primeira coisa que o cérebro assimila e tudo o que existe tem cor.

O seu impacto é tão forte, que alteram o nosso estado de humor, causando alegria ou tristeza. Será que podem ser usadas para vender mais e persuadir pessoas a comprar o seu produto ou serviço?

Em diferentes culturas as cores têm significados e geram sentimentos diferentes. O branco é a cor do luto na China, enquanto que nos países ocidentais é a cor contrária: o preto.

Bónus Exclusivo: Faça Download deste mega artigo em PDF (são mais de 25 imagens e quase 3600 palavras). Inclui os estudos mais recentes na área da psicologia e significado das cores 
 

Amarelo sagrado dos hindus
Imagem: RosayDani

O amarelo é a cor sagrada dos Hindus. Noutras culturas é visto como a cor do dinheiro e da alegria. Neste artigo quero ajudá-lo a compreender a ciência e os factos sobre o significado das cores.

Muitas empresas usam a cor no marketing sem perceberem a sua importância ou como afeta o seu crescimento. Por isso mesmo, decidi fazer um estudo aprofundado do assunto para o poder ajudar a tomar a decisão certa quanto às cores do seu negócio.

O Significado das Cores: Um Debate sem Fim à Vista

 

As cores têm diferentes significados consoante o contexto e experiência pessoal de cada um. Quer exemplos concretos? Repare na diferença entre dois estudos científicos feitos sobre a cor vermelha.

O Vermelho Pode Torná-lo Um Vencedor

 

lutadores de wrestling olímpico

Imagem: Usarmy

A cor vermelha é universalmente associada a perigo. Quem não conhece famoso sinal de “stop“? Mas segundo um estudo realizado durante os jogos olímpicos de 2004, o vermelho também significa dominância.

Estudaram lutas olímpicas de Box, Taekwondo e Wrestling Greco-Romano. Nestes desportos de 1 para 1, os atletas são designados, de forma aleatória, um fato de cor azul e outro vermelho. Em 16 de 21 combates, aquele que usou vermelho venceu. Resultados semelhantes foram encontrados no campeonato da europa de futebol de 2004.

Os investigadores tiveram o cuidado de referir que estes efeitos são subtis. Consideraram que a cor vermelha só poderia ser um fator de decisão entre atletas com capacidades semelhantes.

“Descobrimos que usar vermelho está constantemente associado a uma maior probabilidade de vencer” escreveram os investigadores Russel Hill e Robert Barton da Universidade de Durham.

O Vermelho Pode Prejudicar a Sua Performance

 

Investigadores da universidade de Rochester descobriram que a cor vermelha pode impedir-nos de obter os melhores resultados em testes académicos. Na sua pesquisa, procuraram descobrir se a perceção do vermelho teria algum efeito nos resultados de testes importantes.  No contexto académico, a cor vermelha é geralmente associada a erros de pontuação e de escrita.

exame académico

Imagem: AlbertoG

Andrew J Elliot, autor e professor na universidade de Rochester descobriu que pessoas sujeitas a um flash de cor vermelha, antes de serem examinados, associam essa cor a erros. Como consequência disso, tendem a ter um desempenho pior nesses exames.

Realizaram quatro testes separados. Em cada um deles, os sujeitos eram expostos a uma breve imagem de cor vermelha. O impacto nos resultados foi sempre negativo ” Faz com que as pessoas tenham um desempenho pior, mesmo que não se apercebam disso”, escreveu Elliot.

Os investigadores concluíram que “deve ser tomado cuidado quando a cor vermelha é utilizada em contextos de performance académica” e que “a cor pode, de forma subtil, ter influência importante no comportamento“.

A Cor Como Imagem de Marca

 

Estes dois estudos demonstram que não podemos ter uma visão simplista do significado das cores. Não se pode simplesmente dizer que vermelho = paixão e melhor performance.
As cores têm diferentes significados em diferentes contextos. Então a cor que escolhe para o seu negócio é irrelevante? Não, é mesmo muito importante.

as cores das várias marcas

Imagem: fastcodesign

Aqui entra o tópico da cor como imagem de marca. Segundo o estudo intitulado “O Impacto da Cor no Marketing“, investigadores descobriram que mais de 90% dos julgamentos apressados feitos sobre um produto têm por base apenas a sua cor.

O estudo “Vermelho Vibrante e Azul Competente” de Lauren I. Labrecque da universidade de Illinois, confirmou que o intuito de comprar é fortemente afetado pelas cores. Isto deve-se ao impacto que têm na forma como a marca é vista pelo cliente. As cores escolhidas influenciam a própria personalidade da marca.

Por isso mesmo é tão importante o conceito de uma imagem de marca. Persuadir um cliente a comprar depende de vários elementos e a cor é um dos principais componentes da sua imagem. Atenção: a sua imagem de marca não é só a cor ou o logótipo que usa. Representa os seus valores, a sua visão e a sua missão.

É por essa razão que a sua escolha de cor deve refletir esses valores. Quer um exemplo?

mota harley davidson

Imagem: MoyanBrenn

Todos conhecem as motas Harley Davidson. Criaram uma imagem de marca baseada no homem forte e viril. Uma marca masculina. Se a Harley criasse uma mota cor de rosa com brilhantes, as vendas não seriam as melhores.

É verdade que certas cores são associadas a diferentes atributos e sensações (o azul à serenidade, o vermelho à paixão), mas mais importante do que isso, é que a cor tenha suporte na personalidade do seu produto ou serviço.

A mesma cor pode criar sentimentos diferentes em contextos diferentes. O castanho numa marca de roupa tem um significado diferente do castanho utilizado para abrir o seu apetite num anúncio de chocolates.

O contexto e a personalidade da sua marca, em conjunto com as cores que escolhe, ajudam a persuadir clientes e a criar uma imagem de marca da qual ninguém se esquece. Veja o exemplo da Apple que usa o espaço branco para comunicar o seu apreço pelo design simples e limpo.

Apple iphone 4

Imagem: Yutaka Tsutano

A Apple é conhecida pelo seu uso deste design e isso beneficia-os mais do que o facto de usarem a cor prateada em vez do preto ou do azul.

Para criar uma imagem de marca, a escolha da cor tem dois benefícios:

1. Claridade: A sua imagem de marca será mais forte se utilizar um esquema de cores apropriado. Pode ter o produto melhor e mais eficaz do mercado. Até que conheça e saiba falar a linguagem dos seus clientes, o seu produto estará perdido no meio de um oceano de concorrência.

2. Primeiras impressões: Só pode criar uma primeira impressão. A forma como usa as suas cores pode ajudar a cativar quem visita o seu website pela primeira vez. As primeiras impressões contam e raramente são esquecidas.

Quando aproveita uma primeira oportunidade, usando as cores de forma inteligente, pode aumentar as suas vendas e dar uma razão às pessoas para falarem de si.

Usar o Significado das Cores Para Persuadir

 

No clássico “A Psicologia Da Cor: A Ciência De Utilizar Cores para Persuadir e Influenciar Decisões de Compra“, Michael Campbell afirmou que uma imagem de fundo colorida pode suscitar uma emoção profunda, equivalente a um intenso encontro pessoal.

as várias cores da India

Imagem: StrolicFurlan

Fazer uma afirmação taxativa como “esta cor é melhor do que essa” é o mesmo que tirar um número à sorte. Para ter a certeza, precisa de testar as suas ideias. Precisa de criar uma imagem de marca consistente com os seus ideais e a sua missão.

 

Existem vários estudos acerca do uso da cor no aumento de conversões e vendas. As cores ajudam o cliente a responder à sua oferta. Quando falamos do seu website, os seus clientes podem até nem se aperceber de que as cores e o design estão a influenciar a sua decisão.

Estudos apontam para o efeito psicológico do verde em suscitar riqueza ou do azul em criar maior confiança. É por esta razão que a maior parte dos serviços profissionais usam a cor azul  (escritórios de advogados, sites corporativos, etc). Existe até uma cor chamada “corporate blue“.

volkswagen touran azul

Imagem:Volkswagen

A persuasão é a arte de modificar as atitudes das pessoas de forma a tomarem uma ação específica. A ideia é convencê-los a descobrir o valor que o seu produto ou serviço tem. A persuasão não é igual à manipulação, nem deve ser visto como uma forma de “impingir” o seu serviço.

Tem de criar um equilíbrio na sua aproximação ao cliente. Deve apresentar-lhes uma proposta de valor que os ajude a tirar um real benefício dessa mesma proposta. A cor que escolhe não é suficiente.

O seu design, cópia do site, oferta, velocidade do site, têm de trabalhar em conjunto para aumentar as suas conversões.

1. Compreender o Seu Cliente e Como o Cérebro Assimila as Cores

 

O cérebro humano processa a informação visual 60000 vezes mais depressa do que o texto simples.

cérebro humano

Imagem: Ahealthblog

Como exemplo, uma pessoa poderá recordar com maior facilidade a homepage da Spotify do que a homepage da Wikipédia, porque um usa imagens e cores enquanto que o outro é maioritariamente texto.

Robert Plutchik criou a famosa “Roda das Emoções” que ilustra como variações da mesma cor poderão criar diferentes estados emotivos. O objetivo desta ilustração e da teoria que a sustenta, foi explorar o impacto que as cores têm na comunicação do dia-a-dia.

Roda das emoções plutchik

Isto significa que as cores que associa ao seu negócio poderão ter impacto na forma como é visto e partilhado pelos seus clientes.

Roger Sperry, conduziu uma pesquisa em que concluiu que ambos os hemisférios partilham informação e permitem ao cérebro funcionar de forma coerente. A informação (cores, palavras, sons) são partilhados e conduzem a uma tomada de decisão. Veja o exemplo da “revolução verde”.

Falo da famosa utilização da cor verde na venda de garrafas de shampoo Garnier Fructis.

garnier fructis verde

Imagem: Fructis

Foi mesmo uma revolução no mercado de produtos de higiene e permitiu à marca atingir o 2º lugar de vendas no setor apenas 6 meses depois do lançamento da campanha.

2. A Preferência de Cores por Género

 

Um estudo conduzido por Philip Cohen, sociologista da universidade de Maryland, questionou 2000 homens e mulheres com um pergunta: “Qual é a sua cor preferida?”. A cor que obteve mais respostas foi o “azul”, por ambos os géneros.

preferência de cores por género

Embora a psicologia da cor afeta homens e mulheres nas suas respostas ao consumo, as respostas variam bastante. Por exemplo, o vermelho cria urgência e acelera o ritmo cardíaco. Mas pode também sugerir agressividade.

Não é por acaso que a escolha da cor para o Ferrari 488 GTB seja o vermelho escuro. Isto poderá causar um aumento do ritmo cardíaco e criar uma sensação de euforia, levando o cliente a comprar.

Ferrari 488 gbt vermelho

Por outro lado, o preto é geralmente associado a profissionalismo, luxo e produtos de alto nível. É por essa razão que poderá descobrir vários sites de serviços profissionais que usam o preto.

 

Um exemplo de sucesso na utilização da cor (pelo menos inicialmente) foi o famoso ketchup verde da Heinz. Venderam cerca de 10 milhões de garrafas em sete meses, sendo o consumo tão elevado que gerou 23 milhões de dólares em vendas.

No entanto, as vendas mais tarde decaíram e o produto acabou por ser retirado do mercado. Isto prova o ponto importante que referi anteriormente: a cor é importante, mas não é o único fator no sucesso de um produto.

Otimização de Conversões e Testes com Cores

 

A otimização de conversões é parte integrante do sucesso de qualquer website. O objetivo é aumentar o seu retorno de investimento, independentemente da concorrência do mercado.

Se não está a testar, está a perder dinheiro, todos os dias. Quando os clientes visitam o seu site, o que acontece? Tem um objetivo, mas se esse objetivo não é cumprido, sabe o que precisa de mudar no site?

o que é uma conversão?

Um exemplo para ajudar a clarificar o processo: se 5000 pessoas visitam o seu site e apenas 50 compram, a sua taxa de conversão é de 1%. A otimização de conversões significa uma coisa muito simples, aumentar a sua receita. Isso pode acontecer de duas formas:

  • aumentando o seu Lucro por Visita (LPV)
  • aumentando o número de pessoas que compram (a sua taxa de conversão)

De acordo com um relatório de conversões da Unbounce de 2012, 46% das empresas consideram que os testes A/B são a melhor forma de aumentar a sua taxa de conversão. Os testes de A/B permitem-lhe testar páginas importantes no seu website e descobrir quais as alterações mais importantes a fazer.

páginas de teste

Imagem: Vnstar

Essas alterações podem ir desde o texto utilizado, cores, design da página, ou uma completa alteração do conteúdo. Essas páginas são depois testadas com tráfego real (clientes que visitam o site), sendo escolhida como vencedora, a página que tiver a taxa de conversões mais alta. Essa página é depois utilizada no site, substituindo a página antiga.

Tendo em conta o tópico deste artigo, existem várias alterações que podem ser feitas tendo em conta a cor do seu website. Desde as cores utilizadas na homepage até às cores dos seus botões de venda.

A Melhor Cor Para os Botões

 

Depois de descobrirmos que o vermelho supostamente ajuda a vencer no desporto e que o azul cria uma sensação de calma e confiança, será que isto tem algum impacto nas suas conversões?

Existe um debate interminável no mundo da otimização de conversões acerca da chamada “Guerra do botão vermelho vs verde”. A Unbounce declarou num estudo que o futuro dos botões de venda era o BOB (Big Orange Button), ou seja, o botão grande e laranja. Existem vários testes de A/B acerca da utilização de uma cor contra outras em botões de venda, sendo as cores predominantes o vermelho e o verde.

Tem alguma ideia de qual será o vencedor? Seguem-se três estudos de caso acerca deste tema.

Estudo de Caso nº1

 

botão verde vs vermelho

A Hubspot queria testar uma hipótese. Será que a cor do seu botão poderia influenciar o número de cliques? Será que as pessoas conotavam o verde com “Avançar” e o vermelho com “Stop”? Será que esta mensagem subliminar poderia alterar o número de pessoas que interagiam com os seus botões de venda?

Para responder a esta questão, criaram um teste que durou alguns dias onde testaram os dois botões com cerca de 2000 visitas a uma página. O resultado? O botão vermelho teve 21% mais cliques que o botão verde.

Isto significa que a Hubspot, para ter um aumento de 21% na sua taxa de conversões, não precisou de aumentar o seu tráfego, nem de fazer alterações à pagina. Apenas teve de mudar a cor do botão.

Estudo de Caso nº2

 

visual website optimizer estudo de caso

Este teste é cortesia da Visual Website Optimizer, quando trabalhou num projeto de otimização para a GSM.nl, uma das maiores lojas e-commerce da Holanda. O site da GSM vende telefones móveis, planos da GSM e outros acessórios. Sendo um site de e-commerce, o que não faltava eram botões de “Comprar Agora” por todo o site.

Antes do teste começar, esses botões eram verdes. A VWO decidiu então fazer um teste A/B e alterar a cor dos botões em todo o site, de verde para vermelho/laranja. O resultado do teste demonstrou um aumenta da taxa de conversão em 5%. Parece que o resultado já vai em 2-0 para os botões vermelhos.

Estudo de Caso nº3

 

dmix estudo de caso

O último estudo de caso é cortesia da Dmix que decidiu comparar o feedback entre um botão verde e um botão vermelho de “Começar Agora”. O resultado foi surpreendente. O vermelho teve um aumento de 34% de conversões!

Chegamos a um resultado final de 3-0 e parece que o vermelho é o vencedor. Será que deve ir a correr mudar a cor dos seus botões? Calma, vamos estudar melhor o caso.

Será Assim Tão Simples?

 

Não quero que fique com a ideia errada. A otimização de conversões e os testes de A/B não se podem reduzir a um simples mudar de cores. É verdade que estas alterações podem ajudar. Podem, por exemplo, dar mais destaque ao botão e torná-lo mais visível.

Num site predominantemente verde, um botão verde destaca-se menos do que um botão vermelho. Mas o “verde vs vermelho” não é a essência do que significam os testes A/B. O principal objetivo destes testes passa por conhecer o seu público. Isto requer um trabalho extenso de pesquisa, se quiser ter resultados duradouros e estáveis.

dados sobre o seu público

Imagem: Panayotis

Os verdadeiros aumentos de conversão provêm de um profundo conhecimento do seu cliente, das suas necessidades, desejos e linguagem. Precisa de saber o que eles querem, como querem e porque querem comprar. É muito mais importante que tenha uma oferta relevante e com valor para o seu cliente, do que qualquer truque psicológico.

Um estudo de caso que ajuda a perceber esta questão melhor.

A RIPT Apparel é uma loja de e-commerce baseada em Chicago que vende t-shirts de design únicas. A RIPT nunca tinha feito testes de A/B e por isso recorreram á Visual Website Optimizer para os ajudar a testar a sua loja online. Mais uma vez, esteve em causa o teste de um botão de “Buy Now” e as suas diversas cores.

Aqui está a página original de vendas:

página de vendas original da ript

Aqui está o botão verde novo:

novo botão verde rpit apparel

Não é uma grande surpresa que as vendas tenham aumentado. Se formos comparar com o que escrevi anteriormente, diria que se mudassem a cor do botão de verde para vermelho, as conversões iriam aumentar ainda mais. Já lá vamos, é importante começar por explicar este primeiro teste.

Se reparar, na versão original, o botão de “Buy Now” é praticamente invisível. Fica perdido no meio da página e não se destaca. Obviamente que a mudança de cor permite que o botão ganhe destaque e que chame mais a atenção das visitas. Podemos até dizer que na versão original não existia um botão de vendas. Claro que num teste de “Sem botão vs botão verde”, o segundo irá ser sempre o vencedor.

A RIPT Apparel fez um último teste. Queriam destacar o facto das t-shirts só estarem disponíveis por 24 horas, criando assim um sentido de urgência no comprador. Para isso, decidiram também alterar a cor do botão de verde para amarelo. O resultado foi um aumento de 6.3% nas conversões. Será que amarelo afinal é melhor do que o verde?

botão amarelo mais urgência

A mudança de cor, sozinha, não é o principal fator de conversão. Mais importante do que a cor objetivamente utilizada, é a relação que essa cor tem com o resto da página. Será que essa alteração foi acompanhada de um alteração do texto do botão? Será que essa cor contrasta com as restantes cores utilizadas na página?

A Bing  aumentou os seus resultados em 80 milhões de euros quando mudou os links para azul escuro.

bing links azuis

Sabe porquê? Porque as pessoas estavam habituadas ao facto de os links serem azuis, desde os primórdios da internet. Os próprios engenheiros da Microsoft admitiram que se basearam no azul da Google.

No caso do botão amarelo, repare que essa alteração foi acompanhada de uma mensagem de urgência no botão. As t-shirts só estavam disponíveis por 24 horas. Já foi comprovado, diversas vezes, que a urgência aumenta as conversões.

A verdade é que não existe uma cor que magicamente aumente as suas conversões. O que existe é uma cor que se ajusta melhor ao seu website e que cria um contraste maior com as outras cores. Uma cor que se destaca no meio dos outros elementos da página. Veja um exemplo de um site onde o botão não se destaca. Não é óbvio onde se deve clicar e o site perde por isso.

site verde sem botão destacado

Imagem: Takeahike

Voltando ao exemplo da Hubspot, repare nas duas imagens. Como se lembra, o vermelho foi o vencedor deste teste. Mas já reparou no resto da página? A cor dominante é o verde. Isto significa que o botão se destaca menos. Provavelmente qualquer outra cor que não o verde, teria registado um aumento de conversões.

exemplo da hubspot

Imagem:Hubspot

A própria Hubspot termina o seu estudo referindo que ” não podemos generalizar estes resultados a todas as situações.

O que podemos dizer é que traduzem os resultados obtidos nesta página, com este design, neste website e com o público que visitou a página. Existem várias possibilidades para explicar porque é que este teste obteve estes resultados em particular”.

Bónus Exclusivo: Faça Download deste mega artigo em PDF (são mais de 25 imagens e quase 3600 palavras). Inclui os estudos mais recentes na área da psicologia e significado das cores 
 

Conclusão Sobre o Significado das Cores e Sua Importância no Aumento das Vendas Online

 

lápis de cor

Imagem: Bipingupta

A utilização da cor é importante. Pode até estar associada a certas sensações e ter um efeito subliminar naquilo que sentimos e na forma como absorvermos a nossa realidade. O que não se pode retirar disto é que existe uma cor melhor do que outra.

Não existe uma cor que venda mais. O que existe são:

  • cores que criam uma hierarquia visual mais clara
  • cores que contrastam melhor com outras
  • cores que estão naturalmente associadas a certos produtos ou serviços

O importante a reter é que a sua escolha de cor ajude a transmitir a sua mensagem de forma mais clara. Que mensagem é essa? A sua missão, objetivos e o valor acrescentado que recebem ao comprar o seu produto ou serviço.

Se a cor que usa neste momento não o ajuda neste sentido, aí sim precisa de fazer uma alteração. Se essa alteração passa por usar um botão verde ou vermelho, só você poderá testar.

Lembre-se: não assuma. Teste. Só assim poderá ter a certeza.

Se gostaria de saber mais sobre a otimização de conversões e como podemos ajudá-lo a crescer online, pode continuar a ler aqui.

Imagem Inicial:SteveCorey

Siga-nos nas Redes Sociais

    

Comments 4

  1. Obrigada por fazer referência ao ‘China na minha vida’ num link!
    Achei bem interessante a porposta do artigo.
    Mas aqui na China, o vermelho, por exemplo, é a cor mais desejada e jamais é ligada ao erro, e sim ao completo acerto. Quando vamos avaliar uma loja on-line, por exemplo, a nota mais alta é vermelha, a mais baixa é verde…rs
    Diferenças entre ocidente e oriente!
    Abraço.

  2. Post
    Author

    Olá Christine. É exatamente essa ideia das diferenças entre os várias culturas que me fez ganhar interesse neste assunto. Quis também ver se era algo que afetava ou não a minha área de interesse: as vendas online. É muito engraçado que essa ideia das notas positivas seja o vermelho. Exatamente o oposto de cá como disse.

    Abraço e obrigado pelo seu comentário.

    1. Post
      Author

Responder a Rita Matos Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *